Pronto Atendimento de Marataízes pede socorro

O único PAM (Pronto Atendimento de Marataízes), localizado na Barra do Itapemirim, trabalha no seu limite e pressão.

A sala de odontologia, está a meses parada, ocasionada pela poltrona danificada.
A sala de odontologia, está a meses parada, ocasionada pela poltrona danificada.

Funcionárias são assaltadas. Faltam o básico, como papel higiênico e papel toalha.

A sala de odontologia, está a meses parada, ocasionada pela poltrona danificada.

O dentista somente prescreve remédio. O filme do raio-x está em falta. Funcionários “arrumam” pedindo de outros locais.

 

O ar-condicionado das salas dos médicos, estão todos quebrados. O calor é infernal.

Pronto Atendimento de Marataízes pede socorro
Teto do PAM

Uma enfermeira quase é atingida por um pedaço de reboco que se desprendeu do teto.

Mesmo diante desse desrespeito aos profissionais do PAM, a população é só elogios a essas e asses abnegadas da saúde, que trabalham em prol da população para proporcionar o mínimo de acolhimento aos munícipes no momento de necessidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco + 16 =